fbpx

Couscous Marroquino

Couscous Marroquino

Couscous Marroquino é um acompanhamento versátil que combina com vários tipos de prato. E o melhor: coze apenas com água quente, sem a necessidade de ir ao fogo.

Com sua origem na região Magrebina, no Norte da África, o Couscous (ou cuscuz) Marroquino é diferente do Cuscuz Nordestino. Enquanto o Nordestino é feito com farinha de milho em flocos (conhecida também como flocão), o Couscous Marroquino é feito com sêmola (ou semolina) de trigo.

Na Tunísia, é comum preparar o couscous com carne de borrego e frutas secas. Em Marrocos, com vegetais e outras proteínas como frango. Desse modo, cada região tem a sua forma de servir este preparado.

Por ser um alimento versátil, é possível acompanhá-lo com pratos de peixe, carne e até vegetarianos. É possível também transformá-lo em prato principal ou até comer como salada. Eu adoro acompanhar com carne de panela. Vejo como uma ótima variação para o arroz de todo dia. Enfim, as possibilidades são inúmeras.

Além disso, é um prato muito rápido e fácil de fazer. Não é preciso nem ligar o fogão, já que ele coze apenas com água quente (e o vapor dela) em 5 minutinhos. Precisará apenas esquentar a água, mas isto é fácil, não é mesmo?

A minha versão

A minha versão é inspirada no primeiro Couscous Marroquino que comi, ainda quando fiz o meu curso de cozinha na ACPP. O formador fez um couscous com azeite de chouriço e desde então me apaixonei por aquele sabor.

A minha receita leva chouriço de carne suína cortado em cubinhos, cenoura também cortada em cubinhos e ainda cebola picada. Utilizo sempre a mesma proporção para os três ingredientes. Acrescento ainda uma folha de louro, para dar mais sabor ao refogado. Não é preciso nem adicionar alho – estes três ingredientes combinam muito e não pedem mais nada. Mas claro que você pode adicionar outros ingredientes à sua escolha.

Já adicionei brócolis, ervilhas e até frutos secos como castanha de caju e avelã. Use a sua imaginação. Mas antes disso, experimente a minha receita, combinado?

E para uma versão sem carne, é só não utilizar o chouriço. Você pode adicionar um pouco de alho e páprica defumada no lugar do chouriço. Já fiz algumas vezes e também fica ótimo!

Dose

Por fim, a quantidade sugerida na receita serve muito bem duas pessoas, desde que seja um acompanhamento. A dose individua é 60 g (esta informação está na embalagem). Se fizer para mais pessoas ou servir como prato principal, é só aumentar a dose.

Vamos à receita?

Couscous Marroquino

por Lia Lobão | www.lialobao.com/blog
5 from 1 vote
Imprimir Receita
Tempo de Preparo 15 minutes
Tempo de Cozedura 5 minutes
Cozinha Norte-Africana
Dose 2 Pessoas

Equipamentos

  • Panela pequena com tampa

Ingredientes
  

Ingredientes Couscous

  • 120 g de couscous marroquino (sêmola de trigo)
  • Água quente (para cobrir o couscous)
  • Sal e pimenta a gosto

Ingredientes Refogado

  • 3 colheres de sopa de cebola picada
  • 3 colheres de sopa de cenoura cortada em cubos pequenos
  • 3 colheres de sopa de chouriço cortado em cubos pequenos
  • 1 folha de louro
  • Azeite a gosto
  • Salsa picada a gosto
  • Sal e pimenta a gosto

Instruções
 

  • Leve uma panela ao lume e adicione azeite até quase cobrir o fundo da panela.
  • Adicione a cebola, a folha de louro, o chouriço e o azeite na panela e deixe cozer em fogo baixo, por 15 a 20 minutos. Tempere com sal e pimenta e mexa de vez em quando, enquanto prepara o couscous.
  • Coloque água para ferver. Em uma outra panela com tampa, adicione o couscous marroquino e tempere com sal e pimenta. Acrescente a água quente até cobrir o couscous, tampe a panela e deixe repousar por pelo menos 5 minutos. Não é preciso ligar o lume – o couscous cozerá com a água quente.
  • Passados os 5 minutos, solte o couscous com a ajuda de um garfo e tampe novamente a panela, para conservar o couscous quente.
  • Assim que o refogado estiver a seu gosto, retire a folha de louro e adicione o couscous. Misture bem o couscous e o refogado, prove e ajuste o tempero se necessário.
  • Finalize com salsa fresca picada, mexa bem e sirva.

Nota(s)

  • O chouriço pode ser substituído por linguiça portuguesa, linguiça calabresa, bacon ou outro embutido de sua escolha (de preferência defumado).
  • Outros ingredientes podem ser adicionados ao refogado como alho, alho francês, chalota, malagueta, pimentão e outros.
  • Poderá adicionar também outros legumes já cozidos como brócolis, couve-flor, ervilhas e outros.
  • Para uma versão sem carne, é só excluir o chouriço. Neste caso, adicione um pouco de alho picado e páprica defumada no refogado, para um perfil de sabores parecido.

Se quiser ver o passo a passo da receita, confira o vídeo abaixo:

Que tal experimentar como acompanhamento da minha Kafta? Neste caso, substitua o chouriço por pinoli. Torre-o em uma frigideira antiaderente e junte ao Couscous Marroquino pronto. Certamente será um grande jantar. Depois me conta, tá?!

Ficou com alguma dúvida? Deixe aqui o seu comentário que terei o maior prazer em responder! ðŸ’› 

Obs. Quando fizer esta receita, vou ficar muito feliz se puder partilhar nas suas redes sociais, me marcar e adicionar a hashtag #liaskitchen

Se ainda não me segue no Instagram, é só clicar aqui!

2 comentários em “Couscous Marroquino”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Avaliar Receita




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.